A Polícia Federal deflagrou na manhã de hoje a Operação Pandora, cujo objetivo é reprimir o contrabando e o descaminho de material de informática no Rio de Janeiro. Por volta de 9 horas da manhã, cerca de 130 agentes da PF ocuparam vários andares do edifício Avenida Central, que fica na avenida Rio Branco, no Centro do Rio. O local é um conhecido ponto de vendas de material de informática.

De acordo com o delegado Roberto Barbosa, titular da Delegacia de Repressão a Crimes Fazendários (Delefaz), várias salas do prédio são usadas como depósito de material contrabandeado, que é revendido nos boxes do shopping que funciona nos três primeiros andares. Os agentes cumprem 28 mandados de busca e apreensão. Ninguém foi preso. Algumas salas tiveram de ser arrombadas. As mercadorias apreendidas serão levadas em caminhões para a Superintendência da Polícia Federal.