A Secretaria da Saúde divulgou, nesta sexta-feira (28), o boletim epidemiológico de número 52, que traz a confirmação de 4.051 casos e 178 mortes por complicações em consequência da contaminação pelo vírus da nova gripe, no Paraná. Outros 1.925 casos foram negativos para a gripe A (H1N1).

As mortes no Paraná ocorreram entre 14 de julho e 26 de agosto e estão distribuídas por sexo e faixa etária: 56% eram mulheres e 44%, homens. Quanto à faixa etária, 63,8% das mortes ocorreram em pessoas que tinham entre 20 e 49 anos, e 19,2% entre 50 e 59 anos.

A região de Curitiba continua tendo o maior número de casos confirmados (1.482), seguida pelas regiões de Cascavel (351) e Londrina (313). O número de gestantes segue a mesma tendência, na região de Curitiba 83 tiveram a nova gripe, em Cascavel, 25 e Londrina, 22.

Os dados divulgados já trazem os resultados dos exames que aguardavam análise no Laboratório Central do Estado (Lacen), que zerou a demanda represada no domingo (23) e processará a partir de agora somente os exames do dia.