Equipes da Secretaria Municipal do Meio Ambiente cortaram ontem a árvore corticeira que apresentava riscos para os pedestres na Boca Maldita. A árvore era de grande porte e estava com o tronco e galhos comprometidos pela ação do tempo. “Fizemos várias podas de manutenção para evitar o corte, mas agora não tem mais o que ser feito.

<Noticias Relacionadas>Se não houver o corte pode acontecer algum acidente”, afirmou Edélcio Marques dos Reis, diretor do Departamento de Produção Vegetal do Meio Ambiente.

A árvore ficava ao lado do relógio da Boca Maldita, local com grande circulação de pedestres. “Dois galhos já se desprenderam da árvore e quase causaram acidentes”, definiu Edélcio, explicando os motivos para a decisão da prefeitura de cortar a árvore.