A Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), por meio do Centro de Produção e Pesquisas Imunobiológicos (CPPI), produz e distribui para todo o País dois medicamentos para detecção precoce de hanseníase e de leishmaniose, respectivamente os antígenos de Mitsudina e de Montenegro. Os dois antígenos são distribuídos pelo Ministério da Saúde (MS) para todos os Estados da Federação.

O início do processo de distribuição por parte do Ministério foi em março de 2003. Na primeira remessa foram 2.300 frascos. A segunda fase começou em dezembro de 2003 e segue agora em janeiro. Nessa nova remessa serão distribuídos 4.940 frascos de Montenegro e 2.200 de Mitsudina. Haverá, ainda, mais duas fases de distribuição. Em setembro, serão enviados 1.400 frascos de Mitsudina e 2.700 de Montenegro. A última fase ficará para março de 2005, quando o CPPI enviará ao Ministério mais 1.400 frascos de Mitsudina e 2.550 de Montenegro, totalizando assim 10.190 frascos de Montenegro e 5.000 de Mitsudina. Um convênio do Ministério com o CPPI garantirá em 2004 repasses de R$ 412,5 mil referentes aos medicamentos enviados.