enkontra.com
Fechar busca

Paraná

Retrospectiva 2013

Relembre as notícias que marcaram o mês de agosto

Paraná Online segue relembrando fatos que ocorreram no ano

  • Por Jonatan Silva

Em agosto, as coisas ainda estavam bem para o Coritiba – que quase foi rebaixado no Brasileirão. A vitória de 5 a 3 em cima da Portuguesa, no Couto Pereira, deu ao Alviverde a primeira colocação no torneio. A alegria duraria pouco, mas foi suficiente para fazer a torcida sonhar.

Monstro

Márcio Gabe, 35 anos, foi preso acusado de pedofilia. Na casa do marginal foram encontrados diversos objetos de uso erótico e também bonecos, utilizados como isca para conseguir atrair as suas vítimas.

O tarado estuprava crianças carentes e usava de sua lábia para leva-las até o seu apartamento. A polícia identificou duas vítimas, menores de 12 anos, mas acredita que mais meninos de rua tenham caído na lábia do maníaco.

Outro caso também chocou os leitores do Paraná Online. Um homem de 34 anos, acusado de estuprar a enteada de 15, tentou resistir à prisão. Depois de fugir de casa, quando a vítima mostrou o sêmen que estava dentro dela, o suspeito foi parar em Campo Largo. Após tentar resistir à prisão, o homem foi algemado e levado para a delegacia local.

Átila Alberti
Denúncias do Gaeaco são baseadas em 60 depoimentos. Confira no vídeo os detalhes da denúncia.

Caso Tayná

A repercussão do caso tomou proporções gigantescas. Após a virada de mesa, que acabou com delegado e policiais presos, o Ministério Público, sob coordenação do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeaco), denunciou 21 pessoas por envolvimento em tortura dos quatro primeiros suspeitos de matar Tayná Adriane de Silva, 14 anos.

O Gaeco não especificou se a tortura aconteceu antes ou depois da confissão de Adriano Batista, 23 anos, Sérgio Amorim da Silva Filho, 22 anos, Ezequiel Batista, da mesma idade, e Paulo Henrique Camargo Cunha, 25 anos.

Lutando contra as dores

Em agosto, os Caçadores de Notícias mostraram a história de um grupo de idosos que, para lutar contra o peso da idade, escolheu a disciplina do taekwondo. “Pode parecer estranho para uma pessoa da minha idade, mas é muito bom fazer essa arte marcial. Minha vida tem melhorado depois que comecei a praticar. Sou outra pessoa”, afirma a aposentada Alda Martins, de 73 anos.

Crime sem castigo

Em reportagem especial da Gazeta do Povo, o Paraná Online mostrou que os crimes que acontecem em Curitiba ainda estão sob o jugo da impunidade. De cada quatro homicídios que ocorreram na cidade nos últimos 10 anos, três não foram solucionados.

De acordo com a série, que chegou a receber prêmios, o principal motivo para isso são falhas ou mesmo a falta de investigação. Segundo a apuração da Gazeta do Povo, em alguns casos a abertura de inquérito chega a demorar três meses para ocorrer.

Desarmados

Bandidos se equiparam com armas oficiais. Quatro guardas municipais tiveram seus revólveres roubados por uma quadrilha que arrombava um caixa eletrônico do Banco 24h, na Rua da Cidadania da CIC, por volta da 1h.

Horas mais tarde, dois policiais militares foram assaltados e tiveram suas pistolas levadas pelos marginais. Segundo a assessoria da PM os casos não estão relacionados.

Divulgação/PMPR
No total foram abordadas quase 400 pessoas na região central de Curitiba.

Baladas vistoriadas

,

Com o objetivo de apreender armas e drogas e recapturar foragidos da justiça, a Polícia Militar do Paraná, por meio do Batalhão de operações Especiais (Bope), realizou uma saturação na área central de Curitiba, capital do Estado.

Iniciada às 6h da manhã, já nos primeiros momentos, a operação resultou na apreensão de duas armas de fogo e mais de 94 pedras de crack, 69 buchas de cocaína, uma balança de precisão e dinheiro.

Sonho meu…

Assim como o Coritiba, o Paraná Clube sonhava grandioso, em agosto. Líder da Série B e invicto há nove jogos, o Tricolor já se sentia na elite do futebol brasileiro. Infelizmente, essa alegria não duraria muito e, da mesma forma como o rival, acabaria lutando para não obter resultados vergonhosos.

Confusão

O automóvel de Irce Grabowski, 51 anos, foi arrastado por quase 100 metros por um ligeirão, no cruzamento da Avenida Marechal Floriano Peixoto com a Rua João Parolin, próximo ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE), no Prado Velho.

Segundo testemunhas, ela teria se confundido com os semáforos e acabou avançando o sinal vermelho. Quando os veículos pararam, em frente a uma concessionária, a mulher estava presa nas ferragens e inconsciente. A colega de trabalho, de 24 anos, que estava no banco do carona, se feriu levemente. As duas foram atendidas por socorristas.

Flávio Barszcz/Colaboração
Bandidos em fuga atiraram e jogaram um cofre em viatura da PM.

Ousadia

Bandidos que fugiam da polícia, na BR-277, não só trocaram tiros com os policiais como também jogaram um cofre em cima da viatura. Os ladrões haviam roubado uma distribuidora de bebidas e acabaram colocando o cofre do estabelecimento no porta-malas.

Apesar de o carro da Polícia Militar ter desviado do objeto, outros dois veículos acabaram colidindo com o cofre e causaram um grande congestionamento. Após o acidente, os ladrões conseguiram fugir.

Branca de Neve e os sete…

Os Caçadores de Notícias encontrou o motorista do Instituto Médico Legal (IML) Aguinaldo Nery da Fonseca Junior, 42 anos, conhecido por Branca de Neve. Ele ficou desempregado em 2005 e acabou prestando concurso para o cargo.

“Eles me chamaram no ano seguinte e fiquei sabendo que era para trabalhar no IML. Se não aceitasse, iria perder a vaga. Eu nunca tinha trabalhado com cadáver na minha vida, até então só trabalhava em escritório”, disse.

Inexperiência fatal

O filho de um policial militar morreu no momento em que mostrava a arma do pai para um amigo, em Araucária, na Região Metropolitana de Curitiba. A vítima, identificada como João, 17 anos, havia recebido o colega, Eduardo, 18 anos, para dormir em sua casa e pouco antes de os dois se deitarem, João foi mostrar o revólver a ele.

Por pura inexperiência, ele acreditava que a arma estava descarregada, mas foi vítima de um engano fatal. João deu a arma ao amigo, que ao tocar nela esbarro no gatinho e acabou disparando o projétil, que acertou a barriga de João.

Arquivo
Machado, Luiz Carlos, Marco Antônio e Anderson foram os quatro delegados apontados pelo MP por envolvimento em concussão.

Corrupção na polícia

Quatro delegados, 16 policiais e três comerciantes foram denunciados pelo Ministério Público por envolvimento em corrupção, lavagem de dinheiro e concussão (uso da função pública para exigir dinheiro ou vantagem).

Entre os denunciados estão o delegado Luiz Carlos de Oliveira, que estava à frente da Divisão de Crimes Contra o Patrimônio (DCCP) no período investigado, o delegado Gerson Machado, ex-titular da Delegacia de Furtos e Roubos de Veículos (DFRV),, além dos delegados Marco Antônio de Góes e Anderson Franco, que também passaram pela delegacia.

Na palavra de Deus

Um homem foi preso em Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba, acusado de participar de um esquema de receptação de carros roubados. No local, havia várias carcaças e alguns automóveis que ainda seriam desmontados. O bandido escondia as suas “encomendas” em um papel, dentro de uma bíblia.

“O suspeito disse à polícia que estava apenas guardando os dois carros. Além disso, ele afirmou que a lista encontrada trata-se de encomendas de veículos que deveriam ser roubados em Curitiba e região metropolitana e levados para Santa Catarina”, contou o soldado Rodrigo Souza do 22º Batalhão.

Allan Costa Pinto
Karla não consegue atendimento para Gustavo.

Consulta negada

A mãe de uma criança com paralisia cerebral teve uma consulta negada em São José dos Pinhais. Karla Wollinger levou seu filho Gustavo para consulta com fonoaudióloga na Unidade de Saúde Dr. Nestor Cruz Santos, no Afonso Pena. Atendida numa sala improvisada, foi avisada que não havia condições para que a consulta, agendada há dois meses, fosse realizada.

Monstruosidade sem limites

Euzébio Christoni, 45 anos, suspeitos de ter ateado fogo na ex-mulher, de 40 anos, e na enteada de 12 anos, teria cometido o crime depois de violentar a garota.

Euzébio invadiu a residência, na Rua João Biss, na Planta Deodoro, amarrou as duas no quintal, jogou gasolina em ambas e ateou fogo. Alguns vizinhos viram quando o criminoso fugiu e as vítimas correram em chamas.

Vendedor de sonhos

Celso Cláudio Pascolati, 34 anos, foi preso acusado de enganar famílias que estavam na fila da Cohab. O golpista sempre se apresentava de terno, dizia ser corretor de imóveis e ainda afirmava que era próximo da diretoria da Cohab, usando o nome do secretário municipal de Habitação de Curitiba, Osmar Bertoldi, para dar mais credibilidade ao golpe.

“Ele contava para as pessoas que sonhavam com a casa própria que vários imóveis tinham sido distribuídos para políticos durante a eleição passada e, portanto, fora dos critérios técnicos da Cohab, tinham sido retomados pela autarquia e estavam sendo redistribuídos”, explicou o delegado Robson Cézar da silva Barreto.

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

Seja o Primeiro a Comentar!


wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas