O Sindicato dos Trabalhadores e Servidores em Serviços Públicos da Saúde Pública e Previdência do Estado do Paraná (SindSaúde-PR) promoveu um protesto na manhã desta terça-feira (9). Os manifestantes se reuniram às 9h, na Praça Santos Andrade, de onde caminharam até o Hospital de Clínicas (HC).

Durante o percurso, os manifestantes distribuíram panfletos alertando sobre o PLP 92/07, que se encontra em tramitação no Congresso Nacional e permite que os serviços públicos, tais como saúde, educação e previdência, entre outros, sejam geridos por fundações privadas.

Segundo o SindSaúde, a lei pode resultar em cobrança pelos serviços, além da contratação de trabalhadores por maneiras precárias. Também permite, por exemplo, que o HC seja desvinculado da Universidade Federal do Paraná (UFPR). A avaliação do sindicato é que, se implementado, esse projeto pode diminuir o acesso aos serviços públicos essenciais à população.

A direção sindical marcou presença em atos em Brasília contra o PLP 92/07 e vem fazendo vigília em aeroportos para encontrar deputados federais e senadores, solicitando para que votem contra a criação das Fundações Estatais de Direito Privado. Também está sendo realizada uma campanha com outdoors em locais próximos aos aeroportos de Londrina, Curitiba e Maringá.