Um protesto realizado por integrantes do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem-Terra (MST) está causando dificuldades no trânsito, no Centro de Curitiba. Eles ocupam um pedaço da Rua Dr. Faivre, entre as avenidas Visconde de Guarapuava e Sete de Setembro, desde as 9h10 desta segunda-feira (8).

No local fica a sede do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), onde cerca de 500 pessoas realizam uma manifestação contra a suspensão de convênios para abertura de cursos para as famílias assentadas. Segundo o MST, o governo federal cortou 62% das verbas destinadas ao Programa Nacional de Educação na Reforma Agrária (Pronera).

Agentes do Diretran estão atuando no local para organizar o trânsito. O tráfego era difícil nas proximidades. A assessoria de imprensa do MST informou que o protesto deve seguir até o fim da tarde.

Mais informações em breve.