As mudanças no organograma do Departamento de Trânsito do Paraná, as melhorias de infraestrutura e a solução de problemas pontuais foram abordadas em mais uma rodada de conversas entre o diretor-geral do Detran, Marcos Traad, e funcionários da autarquia no interior do Estado. Nesta quarta-feira (23) e quinta-feira (24), Traad visitou as unidades de atendimento nas cidades de Maringá, Sarandi, Mandaguari e Cambé.

O diretor já visitou 50 das 101 Ciretrans do Estado. “Minha meta é manter o roteiro de visitas técnicas e fazer reuniões em todas as unidades do Detran no Paraná. Assim, é possível conhecer de perto as dificuldades, debater com os servidores e conversar com os parceiros locais, como despachantes, centros de formação de condutores e clínicas médicas”, explicou Traad.

Em Maringá, o diretor anunciou a implantação da prova teórica de direção no posto central de atendimento, que agora poderá abrir e dar continuidade a processos de primeira habilitação. “Hoje o processo só pode ser feito na sede da Ciretran, que fica distante para muitos usuários. Essa é uma medida que vai facilitar bastante a vida dos maringaenses”, destacou o chefe do Detran na cidade, José Zacarin.

No município de Sarandi foi debatida a possibilidade de construir uma nova sede para a Ciretran local, em um terreno a ser doado pela prefeitura. “Técnicos e engenheiros do Detran já visitaram e aprovaram o lugar para as futuras instalações. Agora a prefeitura deve solicitar à Câmara dos Vereadores a autorização para doação da terra”, explica o chefe da 86ª Ciretran, Wilians Zanchim.

Em Mandaguari e Arapongas, Traad conversou com os servidores sobre as mudanças com a implantação das Funções Comissionadas de Confiança, projetos futuros e capacitação de funcionários. “Esse debate é a oportunidade do servidor, independente de cargo e função, falar diretamente com a direção da autarquia, o que, na maioria das vezes, quem trabalha no interior não tem”, disse o chefe da unidade de Mandaguari, Benedito Lucio da Silva.

“Conduzir esse processo de mudanças com diálogo, serenidade e transparência é fundamental para conquistar as melhorias que todos esperam, tanto os funcionários, quanto os usuários. O contato com o diretor é importante para que as mudanças considerem as realidades e as particularidades locais”, conta o chefe do Departamento em Arapongas, Laércio Scarpeta.

Em Cambé, o prefeito João Pavinato oficializou a doação de um terreno de 3,3 mil m² para a sede da nova Ciretran da cidade. “A prefeitura já está com a escritura pronta e, a partir disso, o Detran já pode começar a construir”, disse. A expectativa é que as obras sejam iniciadas ainda neste ano. Segundo o chefe da Ciretran, Frederico Ferreira, o novo prédio será mais amplo e moderno, com espaço para testes práticos de direção e vistoria veicular. Temporariamente, a unidade funciona na Av. Inglaterra, 211.