Em reunião no Palácio Iguaçu, na tarde deste domingo (8), o governador Beto Richa (PSDB) decretou estado de emergência em 70 municípios do Paraná. As chuvas que atingiram cidades do Estado deixaram dez pessoas mortas. De acordo com o Instituto Tecnológico Simepar, em oito dias choveu mais que a média histórica do mês de junho.

Já são 74 municípios foram atingidos pelas chuvas. A situação mais crítica é em Quedas do Iguaçu, onde 13.500 pessoas foram atingidas pelo temporal. Em Guarapuava, centro-sul do Estado, cerca de 794 pessoas sofreram com as chuvas e 234 estão desabrigadas. Um rio invadiu o reservatório da Sanepar, interrompendo o abastecimento de água. Em Rio Azul, 3.350 pessoas foram afetadas.

Em Curitiba, mais de 15 mil pessoas foram atingidas. Em todo o estado o número de desalojados é de 3.650, com 2.136 desabrigados. Mais de 5 mil residências foram afetadas pelas chuvas, que atingiram 51.418 paranaenses.

Mortes

O número de mortos pelas chuvas é de nove pessoas. As fatalidades aconteceram em Medianeira (duas), Sulina (uma), Laranjeiras do Sul (uma), Quedas do Iguaçu (uma), Guaraniaçu (uma), Campina do Simão (uma) e Guarapuava (duas), que também registra o desaparecimento de uma criança.

Ciciro Back
Previsão é de que as chuvas cessem a partir de segunda-feira (9).

Estradas fechadas

A Polícia Rodoviária Estadual (PRE) informou que, por conta das chuvas, cinco trechos de rodoviais estaduais precisaram ser interditadas desde a madrugada deste domingo (8). A PR-170, que liga as cidades de Guaraupuava e Pinhão, é a que se encontra em situação mais crítica, uma vez que o rio transbordou e parte do asfalto acabou cedendo. A PRE orienta os motoristas que façam o desvio por União da Vitória.

Outros trechos que estão com problemas é na PR-487, entre Manoel Ribas e Nova Tebas, norte do Paraná, com afundamento da rodovia; PR-554, que liga São Jorge do Ivaí à PR-323, interditado na altura da ponte do Rio Andirá; PR-323, perto do município de Doutor Camargo; PR-151, entre Palmeira e São Mateus do Sul, sudeste do Estado e na PR-479, entre Tuneiras do Oeste e Moreira Sales.

Rodovias federais

As BRs 277 e 153 sofreram com a intempérie deste final de semana. Na BR-277, no trecho entre Guarapuava, Prudentólis e Irati, sofreu com a intempérie. A pista apresenta problemas no km 242, em Irati; no km 306, na Serra da Esperança e no km 315, próximo de Guarapuava.

Já na BR-153, há um problema no km 329, entre Irati e Imbituva. Uma ponte caiu e formou uma cratera de seis metros.

Previsão

As chuvas que castigam o estado desde sábado (7) vão dar uma trégua neste início de semana. De acordo com o Simepar, apesar da chuva do início da noite de domingo, o tempo já melhora a partir de segunda-feira (9). Para terça-feira (10), as chuvas cessam de vez.