Trinta sacolas plásticas = 1 sacola de algodão cru. Ontem, muitos curitibanos aproveitaram para fazer essa troca, de sacolas de plástico por uma sacola retornável. A iniciativa foi da Associação Paranaense dos Supermercados (Apras) e da Associação Comercial do Paraná (ACP). A ação fez parte da campanha Pedágio verde, lançada ontem. O projeto pretende minimizar o uso das sacolas plásticas. No Paraná, somente nos supermercados, os clientes levam para casa 80 milhões de sacolas plásticas por mês.

?Essa campanha tem o objetivo de focar a conscientização. Muitos não tem idéia do problema que as sacolas plásticas causam no meio ambiente. Elas levam 100 anos para deteriorar. Essa é a primeira etapa de uma campanha que pretende mostrar a importância de diminuir ou até mesmo banir o uso das sacolas plásticas?, comenta Irineu Ferrari, presidente da regional Curitiba da Apras.

Aderir ao hábito de possuir uma sacola de algodão ou de outro material resistente para carregar as compras ainda pode levar um tempo. Mas aos poucos as pessoas estão percebendo como isto é viável. ?Já sentimos um pouco disso. Existem clientes que já não querem mais as sacolas de plástico?, relata Ferrari.

No entanto, qualquer mudança de comportamento torna-se um projeto de longo prazo. ?Mudar comportamento é o mais difícil. É um trabalho a longo prazo e que deve ser constante. Mas ver que todo o estoque já foi trocado mostra que a iniciativa deu certo. É gratificante?, afirma Avani Slomp Rodrigues, presidente da ACP.