Chuniti Kawamura / O Estado do Paraná
Ontem foi preciso muito agasalh
para enfrentar o frio.

Os curitibanos deverão ter hoje o dia mais frio do ano. A previsão do Sistema Meteorológico do Paraná (Simepar) para a capital é de temperatura mínima de 4,5ºC – e máxima de 17ºC -, cerca de 3ºC a menos do que foi registrado ontem. Também está prevista a ocorrência de geadas nas regiões Central, Sul e Região Metropolitana de Curitiba.

Essa queda na temperatura, explica o meteorologista Samuel Braun, é devido a uma massa de ar polar que ingressou no Estado na quarta-feira. A mínima registrada ontem foi em Cambará, no Norte Pioneiro, com 4,4ºC. Como houve a ocorrência de nebulosidade e nevoeiro durante a noite em Curitiba, as temperaturas se mantiveram estáveis nos últimos dois dias – uma média de 7,6ºC. “Mas para sexta-feira (hoje) a nebulosidade deve diminuir e as temperaturas vão cair na capital”, falou.

Sobre o ciclone extratropical que atingiu o Sul do Brasil nesta semana, Samuel Braun disse que ele já perdeu intensidade e está concentrado no oceano, o que não deverá trazer problemas para o litoral do Paraná. Os reflexos desse fenômeno foram registrados mais fortemente nos litorais do Rio Grande do Sul e Santa Catarina. “Nesses estados o ciclone ocasionou uma forte agitação marítima, principalmente no Rio Grande do Sul, com ventos que chegaram perto de 100 quilômetros por hora”, finalizou o meteorologista.

Nacional

A menor temperatura registrada ontem na região Sul do País foi de 2ºC, em São Joaquim (SC). Em Florianópolis, a temperatura mínima foi de 11ºC. Os termômetros do Rio Grande do Sul marcaram 2,8ºC em Cambará do Sul – que registrou geada fraca – e 9,6ºC em Porto Alegre.

As temperaturas devem cair nos próximos dias na região, segundo o Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia). Na sexta-feira, no Rio Grande do Sul, a previsão é de tempo parcialmente nublado com geada.