Já estão em casa as duas vítimas do acidente registrado nesse sábado (30) entre um caminhão-cegonha e um carro na BR-116 em Campina Grande do Sul, Região Metropolitana de Curitiba. São dois homens que foram socorridos e encaminhados ao hospital Angelina Caron, que fica na mesma cidade, mas passam bem.

Trata-se do caminhoneiro, identificado apenas como José Roberto, que sofreu apenas escoriações, e do motorista do automóvel que acabou atingido pela carreta, que se chama José Fernando. Esse último ficou algumas horas em observação, mas acabou liberado no fim da tarde do mesmo dia.

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal, o caminhoneiro perdeu o controle do veículo e tombou na altura do quilômetro 25, na pista sentido São Paulo. A carreta estava carregada com vários carros novos que seriam levados a uma concessionária de Curitiba e acabou atingindo outro automóvel que trafegava pela rodovia. Em seguida, devido ao impacto, um incêndio começou, mas os ocupantes conseguiram escapar das chamas.

Sozinho, caminhoneiro perdeu controle do veículo. Foto: PRF

“Os carros que estavam no caminhão-cegonha tiveram perda total, não têm como recuperar”, conta o policial rodoviário Eliel Weiss. Um desses veículos que seguia para a concessionária, inclusive, foi totalmente consumido pelo fogo. As chamas foram contidas por equipes da concessionária Autopista Régis Bittencourt, que administra o trecho.

Por causa do acidente, que comprometeu uma faixa da pista sentido São Paulo, um congestionamento de vários quilômetros se formou e, depois, mesmo com uma das faixas liberadas, houve bastante lentidão. Os veículos foram removidos na manhã deste domingo (31).

Há dois feridos leves. Já os carros, não se salvou nenhum. Foto: PRF