Depois de quase duas semanas ininterruptas de céu aberto, sol e calor, a nebulosidade aumentou na madrugada de ontem. Para o norte do estado, que estava em níveis críticos de ar seco, é um alívio. Para quem está no litoral, curtindo a folga do feriado, pode ser uma decepção.

Segundo o meteorologista Samuel Braun, do Simepar, a nebulosidade surgiu devido ao vento que vem do oceano sentido continente, mas não deve chegar ao ponto de causar chuva significativa.

“No máximo, em todo o estado, deve haver chuvisco na madrugada de hoje. Chuvas leves podem ser registradas na região de Maringá, Paranavaí e Londrina”, explica.

Com o aumento gradual da umidade relativa do ar nos próximos dias, o londrinense poderá respirar mais aliviado. Enquanto lá a umidade está em apenas 20%, em Curitiba os níveis passam dos 60%.

A temperatura cai na capital, em comparação à semana passada. Ontem a cidade registrou mínima de 8 graus e máxima de 19 graus. Hoje, a previsão é de máxima de 18 graus e, ao longo da semana, as máximas não devem passar de 20 graus até terça. Quarta o tempo esquenta de novo, chegando a 25 graus.

Em Guaratuba, ontem, a mínima foi de 14 graus e a máxima não passou dos 21 graus. Em Antonina, a máxima foi de 22 graus, com predomínio de ar mais frio. “Com vento sul e sudeste, e nebulosidade mais variável, a sensação de frio é maior, mas a partir de quarta a temperatura volta a subir”, garante Samuel. No litoral, as temperaturas hoje devem chegar a 22 graus.