A pista sentido sul da BR-376 será fechada ao tráfego no próximo domingo, a partir das 7h, para obras de recuperação da ponte sobre o Rio São João. A interrupção será apenas no sentido Curitiba-Garuva. Para os que vêm pela pista contrária o tráfego será normal. A liberação da pista deverá ocorrer às 17h.

Segundo o Departamento Nacional de Infra-estrutura Terrestre (Dnit), a interrupção é necessária porque vão ser substituídos os aparelhos de apoio das duas extremidades da ponte. A obra consiste em levantar com macacos hidráulicos cada uma das sete vigas da ponte, nas duas cabeceiras, para substituir os aparelhos de apoio, que fazem a ligação com a estrutura de pilares.

A mesma ponte foi a vilã dos motoristas que desceram a serra no último dia 31 de dezembro. O rompimento de uma laje de ligação de concreto na ponte obrigou o Dnit a fechar duas das três faixas de tráfego, o que causou enorme engarrafamento, com filas de mais de sete quilômetros. Peritos que examinaram a estrutura constataram um deslocamento longitudinal de mais de quatro centímetros das vigas sobre o apoio, o que provocou o rompimento da laje de ligação.

A ponte foi estabilizada com o travamento das vigas sobre os pilares para evitar que a superestrutura se mova novamente. Em seguida as dez lajes de ligação foram refeitas com reforço na ferragem e utilização de fibra de carbono.

O engenheiro Rosalvo Gizzi, coordenador do Dnit no Paraná, explicou que os aparelhos de apoio formam uma espécie de “sanduíche” feito de placas de neoprene com aço, colocados entre duas estruturas de concreto. Esses “sanduíches” transmitem o esforço, mas não são rígidos, e absorvem vibrações.