No próximo mês, as equipes da Sanepar, Defesa Civil e Batalhão de Polícia Ambiental – Força Verde farão blitze ambientais em residências e indústrias de Arapongas, no Norte do Estado. O objetivo é eliminar o lançamento do esgoto diretamente nos mananciais da bacia do Ribeirão dos Apertados, que é utilizada pela Sanepar para fornecer água tratada à população da cidade.

A nova etapa de fiscalização foi definida pelo Grupo Gestor daquela bacia hidrográfica e terá prazo de 90 dias para a sua conclusão. Nesse período, deverão ser vistoriadas cerca de 3.500 ligações de esgoto. Os fiscais verificarão se os lançamentos de esgoto doméstico, resíduos industriais e água de chuva são feitos corretamente, a fim de evitar a poluição ambiental.

Com a participação da Força Verde e da Defesa Civil, as irregularidades encontradas serão imediatamente notificadas para a correção, com possibilidade de multa. “Esse procedimento faz com que a regularização seja mais ágil”, diz o gerente da Sanepar de Arapongas, Antônio Carlos Ajarilla.

Em agosto de 2008, uma força-tarefa foi constituída, reunindo prefeitura, órgãos do Governo do Estado e entidades da sociedade civil, a fim de identificar focos de poluição no Ribeirão dos Apertados, já que a Sanepar precisou interromper o abastecimento de água por pelo menos quatro vezes no segundo semestre do ano passado em função da contaminação da água.

A fiscalização iniciada naquela época incluiu também a visita de aproximadamente 250 propriedades agrícolas, que receberão, agora, nova vistoria do IAP para verificar se as irregularidades encontradas foram corrigidas. “O resultado desse trabalho foi percebido nesses dois primeiros meses de 2009, quando foi registrado um alto índice de chuvas em Arapongas sem que a qualidade dos Apertados fosse alterada”, informa Ajarilla.

Para tornar o trabalho das blitzes ambientais mais eficiente, na terça-feira (17), técnicos da Sanepar, Defesa Civil e Força Verde receberam treinamento visando a retomada das vistorias prediais. O treinamento, que aconteceu em Arapongas, foi ministrado pelo coordenador de Meio Ambiente da Sanepar de Arapongas, Maurílio Tedardi e por Francisco Carlos Domingues, da área de Educação Ambiental da companhia de saneamento.