Orientações nas áreas de saúde, justiça e emissão de documentos são alguns dos serviços que estão sendo oferecidos em Guarapuava pelo ?Paraná em Ação?, feira de serviços gratuitos organizada pelo Governo do Estado. No segundo dia na cidade, o programa já realizou mais de 20 mil atendimentos e pretende dobrar esse número até o final desta sexta-feira (31), último dia do evento no município. A feira acontece paralelamente ao 6º Show Tecnológico do Centro-Sul do Paraná.

A enfermeira do Hemocentro da 5ª Regional de Guarapuava, Ana Lucia Regis, elogiou a organização ?Paraná em Ação?. Segundo ela, a instituição já realizou cerca de 200 exames de tipagem sanguínea e diversas orientações sobre as doações de sangue e de medula óssea.

?O trabalho é inteiramente voltado à educação e à saúde. Apesar do fluxo intenso de pessoas na feira, não há tumulto e todos estão sendo atendidos sem demora. É muito bom poder prestar esse serviço à população carente através do ?Paraná em Ação?, que leva as instituições públicas ao encontro de quem precisa de serviços gratuitos?, avaliou Ana Lucia.

O Hemocentro de Guarapuava atende a 18 hospitais de 20 municípios, com uma demanda de 550 transfusões e recebe em média 680 doadores por mês. É bastante importante esse trabalho que estamos realizando, pois a maioria das pessoas não sabe seu tipo sangüíneo e é pouco esclarecida quanto à doação de sangue e de medula, afirmou.

A produtora rural Maria Alice Correia, aos 41 anos, conta que não sabia o seu tipo sanguíneo. Ao visitar os estandes da feira de serviços gratuitos, além de cortar os cabelos, aproveitou para fazer o exame e finalmente saber qual é o seu tipo sanguíneo. ?Sempre ficava envergonhada quando me perguntam qual é meu tipo sanguíneo porque até para arrumar emprego é necessário saber. Mas agora vou saber responder?, contou.

Cidadania

O Poder Judiciário também está presente nessa etapa do programa. Ações de separação, divórcio e retificação de documentos são alguns dos serviços oferecidos. De acordo com o vice-presidente da Ordem dos Advogados do Brasil – OAB, Antonio Carlos Koppe, essa ação de cidadania promovida pelo Governo do Estado é de grande valia para quem necessita desses serviços, mas não tem condições de pagar. ?O programa é extremamente válido, integra a população nas ações do Governo e também é uma forma de educar e instruir a população menos esclarecida?, declarou.

Vendedor em uma loja de materiais de construção em Guarapuava, Cândido Carneiro, de 34 anos, depois de solicitar o serviço de reconhecimento de paternidade Judiciário, saiu realizado do ?Paraná em Ação?. ?Meu filho já está com 15 anos mas não pude reconhecê-lo antes por falta de dinheiro. Agora já está tudo resolvido e finalmente ele poderá usar meu nome?, comemorou.

Organização

Para a coordenadora do ?Paraná em Ação?, Clecy Amadori, a chegada de caravanas com alunos das escolas públicas locais é algo que está chamando a atenção. ?O público-mirim está podendo aprender na prática coisas que, na teoria, dentro de uma sala de aula, não consegue absorver. Seja com o jogo da memória ou com as brincadeiras nos computadores da Celepar ou até mesmo com o contato com animais trazidos pela Secretaria da Saúde, tudo isso é uma maneira de educar na prática e contribuir com a formação do cidadão?, afirmou Clecy.

O secretário Especial de Relações com a Comunidade, Milton Buabssi, conferiu de perto o andamento do programa em Guarapuava. ?O programa está melhorando a cada dia em termos de organização, o que gera rapidez no atendimento. Nessa etapa em Guarapuava, onde o fluxo diário é muito grande, não há tumulto ou filas?, destacou.

Serviço

Instalado no Centro Politécnico/CEDETEG, o ?Paraná em Ação? permanece em Guarapuava até esta sexta-feira (31), com atendimento das 9h às 17h. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone 0800 645 52 52 ou pelo site www.pr.gov.br/serc.