Ônibus intermunicipais e metropolitanos de todo o Estado, assim como os terminais rodoviários, divulgarão o serviço 181 ? Narcodenúncia, por meio de cartazes. O termo de cooperação que permitirá a divulgação foi assinado nesta segunda-feira (11), entre os secretários da Justiça e da Cidadania, Aldo Parzianello, e dos Transportes, Waldyr Pugliesi e o diretor-geral do Departamento de Estradas e Rodagem (DER), Rogério Tizzot. ?Esta é mais uma forma de inibir o transporte de drogas e facilitar denúncias contra o tráfico?, declarou Parzianello.

De acordo com a Secretaria dos Transportes, 60 milhões de pessoas transitam em 726 linhas de ônibus em todo Estado, o que facilitará o acesso às informações sobre o 181, programa de combate e prevenção às drogas, criado em junho de 2003, no governo Roberto Requião. ?Com essa medida, podemos divulgar este serviço a mais de 700 linhas de ônibus, atingindo 60 milhões de usuários. Isso torna a ação do Governo do Estado na prevenção ao tráfico de drogas ainda mais eficiente e com melhores resultados?, afirmou o Pugliesi.

O coordenador do Narcodenúncia, coronel Jorge Costa Filho constatou que a divulgação do 181 por esse convênio, ?deve aumentar o número de denúncias, uma vez que vem crescendo o índice de apreensões de substâncias tóxicas em ônibus?, completou. Desde sua implantação até abril, o 181 recebeu cerca de 31 mil denúncias. Por este número de telefone, qualquer pessoa pode denunciar atividade de traficantes, sem precisar se identificar. As informações são verificadas e, caso confirmadas, o criminoso é preso pela polícia.

Na semana passada, adesivos do programa foram afixados nos vidros traseiros de todos os veículos oficiais da Secretaria da Justiça e da Cidadania e viaturas da Polícia Militar.

Apoio

A utilização dos espaços dos ônibus intermunicipais, de turismo e terminais rodoviários para a divulgação do número 181 foi classificada como ? medida altamente positiva? por diretores e representantes de empresas que fazem o transporte de passageiros no Paraná. Segundo o diretor do Sindicato das Empresas de Transporte Rodoviário Intermunicipal de Passageiros do Paraná (Rodopar), Thadeu Castello Branco, as empresas estão a serviço do Governo para a divulgação da campanha.

?É uma questão de cidadania, acima de tudo, e estamos muito felizes em poder firmar mais uma parceria importante com o Governo do Estado?, disse. Castello Branco lembrou a grande abrangência do sistema rodoviário estadual e acredita que a iniciativa pode ser ainda ampliada com o suporte das empresas de ônibus. ?Nós conseguimos chegar aos 399 municípios paranaenses, atingindo milhões de pessoas, o que nos torna uma mídia alternativa bastante importante?, ressaltou.

O superintendente da Federação das Empresas de Transporte de Passageiros dos Estados do Paraná e Santa Catarina (Fepasc), Roberto Teixeira de Freitas, acrescentou a importância social da medida. ?É um trabalho de responsabilidade social, uma pequena medida com uma enorme abrangência?, destacou. Já o diretor da viação Expresso dos Campos, Gilberto Crivellaro, destacou a importância do convênio com o Estado. ?Estamos buscando um bem maior, um interesse que vai além de qualquer interesse individual. É a segurança do Paraná que está em jogo?, salientou.