A polícia de Nova York prendeu hoje um suspeito da morte de Ki-Suck Han, empurrado na linha do metrô e fotografado momentos antes de ser atropelado pelo trem.

A foto foi publicada na primeira página do tabloide “New York Post”, com o texto: “Condenado – Empurrado no trilho do metrô, este homem está prestes a morrer”.

O episódio aconteceu na segunda-feira e Naeem Davis, 30, foi detido para interrogatório após ser identificado num vídeo da segurança do metrô. Ele é vendedor ambulante na imediações do Rockefeller Center.

Segundo a polícia de Nova York, o suspeito se incriminou durante o depoimento e foi preso sob acusação de homicídio em segundo grau.

Davis, de acordo com relatos das testemunhas, estava falando sozinho antes de se envolver numa discussão com Han, de 58 anos.

Ao drama da vítima se sobrepôs a controvérsia sobre a decisão do jornal.

O autor da imagem é R. Umar Abbasi, que, sob severas críticas por não ter feito o que podia para salvar Han, explicou-se ao “Post” e foi hoje a um programa da emissora de TV NBC.

“Eles [quem critica] não estavam lá. Não têm ideia de quão rápido aconteceu. O que fica passando todo o tempo na minha cabeça é que o homem não gritou.”