A senadora colombiana Piedad Córdoba anunciou hoje em sua página do twitter que as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) deram luz verde para a libertação de dois militares e que a operação para a entrega deve ocorrer no sábado. “Hoje, definitivamente, é um grande dia – as Farc aceitaram o protocolo de segurança para a última etapa das libertações”, escreveu Córdoba.

“Estou muito feliz e estamos na reta final para as libertações. Aceitado o protocolo, no sábado saímos para resgatar (os reféns) a partir de Villavicencio”, capital do departamento de Meta, localizado a cerca de 75 quilômetros a sudoeste da capital Bogotá.

O “protocolo de segurança” mencionado pela senadora é um documento de duas páginas e seis pontos e que não foi divulgado oficialmente. Os reféns são o cabo Pablo Emilio Moncayo, no cativeiro há 12 anos, e o soldado Josué Calvo, capturado em abril do ano passado.