O candidato republicano à Presidência dos Estados Unidos, Mitt Romney, mudou completamente o tom nas horas finais das eleições deste ano, segundo análise do colunista do jornal “Washington Post” Dana Milbank.

Ele adotou um discurso otimista e inspirado, diferente daquele que vinha sustentando nos últimos três anos.

Milbank ressaltou frases ditas por Romney na véspera das eleições, na George Mason University.

“As melhores conquistas são as conquistas coletivas.” “Aprendi que respeito e boa vontade levam longe e trazem retorno semelhante. É assim que serei como presidente. Não representarei apenas um partido; representarei uma nação.”

O republicano abandonou o tom mais agressivo impresso dias antes, em frases como a de que Obama conduzia os Estados Unidos rumo ao socialismo europeu, ou de que ele não entendia verdadeiramente o país e era uma espécie de extraterrestre.