A polícia do Bahrein atacou nesta quarta-feira os manifestantes acampados em praça da capital Manama, que exigem reformas no país. A polícia atirou granadas de gás lacrimogêneo contra os manifestantes antes de marchar sobre a multidão e assumir o controle do local e do centro financeiro, núcleo dos protestos contra a monarquia do país. Até o momento não há informações sobre vítimas. Os dignatários xiitas pedem a intervenção da ONU para evitar um massacre. As informações são da Associated Press.