Milhares de pessoas estão desabrigadas e precisam urgentemente de ajuda no sudoeste do Paquistão depois de perderem suas casas em um forte terremoto que ontem provocou dezenas de mortes, informaram autoridades locais nesta quarta-feira.

O exército paquistanês enviou centenas de soldados para ajudar no auxílio às vítimas do terremoto em Mashkel, na província de Baluquistão, a mais afetada pelo terremoto de 7,8 graus com epicentro no vizinho Irã. Apesar disso, os moradores do povoado declaravam-se insatisfeitos com a resposta do governo.

Quase todas as casas de Mashkel foram destruídas pelo forte abalo sísmico. O terremoto provocou a morte de pelo menos 36 pessoas, sendo 35 no Paquistão e uma no Irã, segundo informações oficiais. Além disso, 150 pessoas ficaram feridas no Paquistão e 12 no Irã. As informações são da Associated Press.