O alto comissário da Organização das Nações Unidas (ONU) para Refugiados, Antonio Guterres, disse que o grande número de sírios fugindo da repressão promovida pelo regime de Bashar al-Assad é algo bastante preocupante. “Há um número significativo de sírios que cruzaram a fronteira para a Turquia e é claro que esta é uma área de enorme preocupação para nós”, afirmou Guterres a repórteres, na Suécia.

Hoje, 160 sírios cruzaram a fronteira, elevando para 550 o total de refugiados que entraram recentemente no território turco, segundo um repórter da France Presse. Além disso, pelo menos 1.500 refugiados sírios chegaram ao norte do Líbano desde abril.

Guterres afirmou que é fundamental ajudar os dois países a lidar com a questão. “É importante dizer que os sírios têm sido um povo muito generoso, recebendo refugiados do Iraque, refugiados palestinos, e que nós também temos operações muito importantes com refugiados na Síria”, acrescentou.

Mais cedo hoje, o primeiro-ministro turco, Recep Tayyip Erdogan, disse que a Turquia deixaria a porta aberta para os sírios fugindo da repressão e renovaria o pedido para que Assad, um aliado próximo, introduza reformas democráticas. A Turquia e a Síria compartilham uma fronteira de mais de 800 quilômetros. As informações são da Dow Jones.