A presidência da África do Sul informou, neste domingo (10), que o ex-presidente Nelson Mandela passou a noite no hospital depois de dar entrada para exames.

O porta-voz da presidência Mac Maharaj disse que não havia atualizações sobre as condições de saúde do líder de 94 anos desde que ele se dirigiu a um hospital de Pretória na tarde de sábado.

Em comunicado divulgado no sábado, Maharaj relatou que os exames médicos feitos em Mandela tinham sido agendados e que os médicos indicaram que não havia motivo para “alarme”.

O Congresso Nacional Africano, partido no poder na África do Sul, enfatizou que o check-up é “rotina” e apelou aos meios de comunicação que respeitem a privacidade de Mandela e sua família. “Nós acreditamos que ele está em mãos capazes e competentes”, disse a sigla, em nota.

Mandela ficou hospitalizado por quase três semanas em dezembro. Na ocasião, ele recebeu tratamento para curar uma infecção pulmonar e passou por um procedimento cirúrgico para remoção de cálculos biliares. As informações são da Associated Press.