O voo da chanceler alemã Angela Merkel para a Índia foi atrasado por aproximadamente duas horas com a recusa do governo do Irã de permitir que o avião sobrevoasse o país. O porta-voz alemão, Steffen Seibert, disse que a decisão iraniana forçou o avião em que viajava Merkel a circular sobre a Turquia cerca de duas horas durante a rota de sua visita oficial a Nova Délhi. Seibert classificou o episódio como uma violação dos privilégios diplomáticos que Merkel nunca tinha experimentado antes.

A assessoria de imprensa do governo alemão disse que “nem a chanceler nem os pilotos” tinham vivido experiência semelhante antes. O voo marca a primeira viagem oficial ao exterior de Merkel em seu recém-reformado Airbus A340 Konrad Adenauer, equivalente alemão ao americano Air Force One. As informações são da Associated Press