Uma intensa troca de tiros foi registrada, durante esta madrugada, na fronteira entre Síria e Turquia, em uma operação síria para intimidar a oposição na vila Ain al-Beida. Segundo um turco que vive no local, os tiros destruíram as antenas e discos de satélite para televisão do povoado. Outra vila síria, Khirbet al-Joz, também foi alvo dos ataques.

Cerca de 7.500 cidadãos da Síria fugiram para a Turquia desde que os protestos contra o governo tiveram início em março de 2011. A maior parte estão vivendo em campos de refugiados em Hatay, perto da fronteira entre os dois países.

Antes um aliado da Síria, a Turquia está, agora, na linha de frente das críticas contra o regime sírio. O primeiro ministro turco Tayyip Erdogan está pedindo para o presidente da Síria, Bashar al-Assad, que já foi seu amigo próximo, para renunciar. As informações são da Dow Jones.