O jornalista francês Romeo Langlois foi libertado nesta quarta-feira pelas Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc). Ele reapareceu hoje em um remoto povoado do sul colombiano e reuniu-se com a comissão à qual foi entregue pelas Farc. Ao ser solto, o jornalista de 35 anos de idade vestia uma camisa verde parecida com um uniforme militar.

Em meio a um tumulto de jornalistas e curiosos em San Isidro, Langlois disse que está bem. Ele relatou não ter sido maltratado nem amarrado durante o período de cerca de um mês que ficou em mãos dos rebeldes colombianos. Afirmou ainda que a experiência o ajudou a entender melhor o conflito no país sul-americano.

Ainda não se sabe quando Langlois deixará San Isidro, um povoado situado 450 quilômetros a sudoeste de Bogotá. As declarações do jornalista foram transmitidas ao vivo pela rede Telesur, com sede em Caracas. As informações são da Dow Jones e da Associated Press.