Pelo menos cinco pessoas morreram e doze ficaram feridas na explosão de uma bomba ocorrida nesta segunda-feira a oeste de Bagdá, informou a polícia local. Trata-se da segunda explosão em menos de duas semanas na região de Abu Ghraib, nas proximidades da capital iraquiana. Uma fonte no Ministério de Interior do Iraque informou que a explosão ocorreu em uma rua onde há diversas oficinas mecânicas, mas um policial de Abu Ghraib disse que um carro-bomba explodiu dentro de uma garagem.

Abu Ghraib, uma área majoritariamente sunita a oeste de Bagdá, presenciou uma redução considerável de violência depois que grupos armados locais voltaram-se contra a rede extremista Al-Qaeda no Iraque. Mas os atentados na região persistem. No último dia 10, um militante suicida provocou a morte de 33 pessoas em Abu Ghraib.