enkontra.com
Fechar busca

Mundo

mundo

EUA: conversas sobre paralisação do governo continuarão no domingo

  • Por Estadão Conteúdo

As conversas entre autoridades da Casa Branca e assessores do Congresso dos Estados Unidos terminaram neste sábado sem um acordo para encerrar a paralisação parcial do governo, que entrou na sua terceira semana. O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, e os Democratas continuam divergindo sobre o financiamento de um muro ao longo da fronteira sul dos EUA.

O vice-presidente Mike Pence, que liderou as conversas, descreveu a sessão de sábado como “produtiva” no Twitter, ainda que nenhum acordo tenha sido alcançado. Os funcionários da Casa Branca e os assessores democratas e republicanos planejam voltar às conversas no domingo.

Pence, o assessor sênior da Casa Branca, Jared Kushner, e a secretária de Segurança Interna, Kirstjen Nielsen, estão conduzindo as negociações de fim de semana para a Casa Branca, enquanto a liderança do Congresso enviou funcionários para o prédio do Gabinete Executivo Eisenhower. Os participantes do encontro saíram do local depois de mais de duas horas de conversas neste sábado. O chefe de gabinete interino da Casa Branca, Mick Mulvaney, também compareceu.

A discussão se concentrou no que a Casa Branca diz que são necessidades urgentes de segurança na fronteira sul, de acordo com a Casa Branca e assessores do Congresso, que também qualificaram as conversas como produtivas. Um funcionário da Casa Branca disse que não houve discussão “em profundidade” de um valor em dólar para o muro. Assessores democratas continuaram a pressionar a Casa Branca e os republicanos a reabrir o governo e depois continuar a negociação sobre segurança nas fronteiras, uma proposta que o presidente havia rejeitado no dia anterior.

Nielsen deu no sábado um “briefing completo” sobre a segurança nas fronteiras. “Foi produtivo e benéfico ver a secretária Nielsen finalmente poder delinear a crise na fronteira em detalhes, sem interrupções, dado que seus esforços anteriores foram interrompidos por líderes democratas”, disse um assessor de uma liderança do Partido Republicano no Congresso neste sábado.

Após o briefing de Nielsen, assessores democratas pediram à Casa Branca um pedido de orçamento atualizado, observando que o que eles tinham era de um ano atrás e pedia US$ 1,6 bilhão pelo muro, segundo a Casa Branca e assessores do Congresso. A Casa Branca concordou em fornecer uma carta até domingo descrevendo quanto dinheiro o governo está pedindo, no que ele seria usado e o que seria cortado para encaixar o muro no orçamento da Segurança Interna.

O grupo concordou em se reunir novamente na tarde de domingo assim que a Casa Branca fornecer mais detalhes do pedido, de acordo com a Casa Branca e assessores do Congresso. Fonte: Dow Jones Newswires e Associated Press.

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

Seja o Primeiro a Comentar!


wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas