A câmara dos deputados dos Estados Unidos aprovou há pouco a lei de orçamento para 2015, que prevê um gasto de US$ 1,1 trilhão. A proposta precisava ser aprovada antes da meia-noite de quinta-feira em Washington (6h de sexta-feira em Brasília), prazo que, se não fosse cumprido, causaria uma paralisação do governo.

Após um dia de disputas e interrupções, o projeto foi aprovado por 219 votos a favor e 206, contra. A medida, agora, vai para o Senado. A proposta discutida serve para financiar quase todos os gastos do governo americano até setembro de 2015. O documento inclui o plano do presidente Barack Obama para proteger milhões de imigrantes ilegais de deportação, criticado pelos republicanos.

Ao longo do dia, os republicanos perceberam que o projeto seria aprovado, mas foram forçados a adiar a votação por horas, quando se tornou claro que a oposição dos republicanos e democratas mais radicais poderia significar uma derrota constrangedora no plenário da Câmara. Fonte: Dow Jones Newswires.