O primeiro-ministro da Grécia, Alexis Tsipras, afirmou que a “era de austeridade chegou ao fim” para seu país, em um comentário com viés otimista sobre as reformas que a Grécia concordou em realizar, após seu último programa de austeridade terminar, em 2018.

Em discurso no parlamento, Tsipras descreveu o acordo firmado na segunda-feira como um “sucesso excepcional” e disse que mostra que os credores do país aceitaram a insistência da Grécia de que não pode mais lidar com mais austeridade.

Na segunda-feira, a Grécia concordou em aprovar novas reformas econômicas que devem entrar em efeito em 2019, mas afirmou que estas serão “fiscalmente neutras”: para cada novo encargo em euros sobre o contribuinte grego, um montante igual de alívio será concedido.

Em troca, os credores internacionais da Grécia concordaram em enviar uma equipe de avaliação para Atenas na próxima semana para o segmento das reuniões sobre os progressos obtidos após o programa de resgate. Fonte: Associated Press.