Autoridades mexicanas informaram hoje que dois homens que ficaram feridos durante um ataque a um centro de reabilitação em Torreon, norte do país, morreram, elevando o número de vítimas para 13. Promotores do Estado de Coahuila disseram, em comunicado divulgado nesta quarta-feira, que dois homens armados invadiram o local na tarde de ontem e abriram fogo. Funcionários do governo informaram que não se sabe qual foi o motivo do ataque ou se ele foi realizado por uma gangue.

Cartéis de drogas usam centros de reabilitação para recrutar dependentes, o que faz com que gangues rivais costumem a atacar esses locais. Dezenas de pessoas morreram em tiroteios em centros desse tipo em todo o país. No pior deles, 19 pessoas foram mortas em Chihuahua no ano passado. As informações são da Associated Press.