As bolsas de valores dos Estados Unidos fecharam em alta moderada hoje, apoiadas pelos ganhos das empresas dos setores de energia, financeiro e de telecomunicações, um dia após a aprovação da reforma tributária dos republicanos pelo Congresso do país.

O índice Dow Jones fechou em alta de 0,23%, aos 24.782,29 pontos; o S&P 500 subiu 0,20%, para 2.684,57 pontos; e o Nasdaq ganhou 0,06%, encerrando aos 6.965,36 pontos. Todos os índices fecharam perto dos recordes históricos.

Após a aprovação da reforma tributária, várias companhias, incluindo bancos e empresas de telecomunicação – prometeram dividir os benefícios oriundos dos cortes de impostos para seus funcionários, ajudando traders a superarem preocupações sobre quanto da reforma já foi precificado nos mercados neste ano, segundo analistas.

O Wells Fargo e o Fifth Third Bancorp disseram ontem que aumentariam o salário mínimo de seus funcionários para US$ 15 por hora, enquanto a AT&T e a Comcast prometeram pagar um bônus de US$ 1 mil para a maioria de seus trabalhadores nos EUA.

O Wells Fargo avançou 2,44%, enquanto o Fifth Third subiu 1,38%. A AT&T ganhou 0,86% e a Comcast subiu 3,63%.

Além disso, as ações de energia subiam, ao passo em que os preços de petróleo revertiam perdas diante do recuo dos estoques de petróleo bruto nos EUA. Entre as empresas que apresentaram os melhores desempenhos estão a Hess, que viu seus papéis saltarem 5,34%, enquanto a Marathon Oil Corp. subiu 1,02%.

Os ganhos ajudaram a compensar declínios de companhias de tecnologia no final da sessão, o que fez com que os índices recuassem de suas máximas intraday. (Matheus Maderal, com informações da Dow Jones Newswires – matheus.maderal@estadao.com)