O tiroteio em frente ao edifício Empire State, em Nova York, causou a morte de duas pessoas, entre elas o autor dos disparos, e deixou nove feridos, segundo confirmou o prefeito da cidade, Michael Bloomberg.

“Morreram o atirador e uma segunda pessoa, e outras nove ficaram feridas, algumas de forma acidental por disparos da polícia”, disse Bloomberg em entrevista coletiva concedida ao lado ao chefe da polícia de Nova York, Raymond Kelly.

O autor dos disparos tinha sido despedido de uma empresa no local e seu objetivo era atingir seu ex-chefe.