Integrantes da polícia e das Forças Armadas iraquianas informaram que sete integrantes das forças de segurança foram mortos em ataques aparentemente coordenados no distrito sunita de Azamiyah, em Bagdá. Eles disseram que o primeiro ataque ocorreu quando militantes abriram fogo contra um posto de checagem, matando três soldados iraquianos. Minutos mais tarde, quatro morreram quando três bombas colocadas à margem de uma estrada foram detonadas perto de várias patrulhas da polícia e do Exército. Os oficiais, que falaram em condição de anonimato, disseram ainda que 15 pessoas ficaram feridas nos ataques.