O líder do governo no Senado, Aloizio Mercadante (PT-SP), disse que ainda não há acordo entre base aliada e oposição para a escolha do presidente e do relator Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) dos Correios. Mercadante informou que há pouco conversava com os líderes da oposição para "costurar" um acordo entre os partidos, e então, depois, buscar os nomes do presidente e do relator.

Ele admitiu que, se não houver acordo, a decisão será feita por meio de votação. Ele reafirmou que é do interesse da base governista haver uma CPMI instalada, para que se "trabalhe com transparência, apurando toda e qualquer irregularidade".