O presidente Luiz Inácio Lula da Silva pretende completar a reforma ministerial no início da próxima semana, informou uma fonte próxima ao governo, que integra a delegação presidencial que visita a França. A intenção do presidente é que, após as mudanças que deverão ser anunciadas na próxima semana, o processo de reforma esteja completo. Durante a viagem a Paris, o tema foi debatido por Lula, ministros e assessores, mas, segundo a fonte, o único ministério mencionado foi o da Previdência Social, cujo o atual titular é o ministro Romero Jucá.

Lula, que, antes de embarcar para a capital francesa, sentia fortes dores numa das pernas por causa da inflamação do nervo ciático, disse hoje que a sensação desagradável passou e que pode caminhar, normalmente.