Brasília – Luiz Zveiter terá que escolher entre o cargo de desembargador do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro e o de presidente do Superior do Tribunal de Justiça Desportiva (STJD). Ele sofreu derrota em julgamento no Conselho Nacional de Justiça, nesta segunda-feira, em Brasília.

Até agora, 9 conselheiros do CNJ já deram voto contra Luiz Zveiter, enquanto 3 foram favoráveis ao acúmulo de cargos. Para concluir o julgamento, falta apenas a posição do conselheiro Oscar Argolo, que pediu vista do processo e apresentará sua decisão daqui a pouco, ainda nesta segunda-feira.

Mas, mesmo que o voto de Oscar Argolo seja favorável a Luiz Zveiter, o resultado já está decidido, obrigando o desembargador a escolher entre um dos dois cargos.