A primeira linha do transporte coletivo que iria integrar os trechos Sul e Norte da Linha Verde, em Curitiba, teve sua implantação adiada pela Urbs no último sábado (13). Chamado de Fagundes Varela/Fanny, começaria a funcionar nesta segunda-feira (15). Esse é o segundo atraso na data de lançamento da linha, que inicialmente tinha sido prometida para o aniversário de Curitiba, celebrado no dia 29 de março.

Segundo a Urbs, o adiamento ocorre devido a “problemas técnicos no raio de giro”, detectados nos últimos testes antes do início da operação. Isso significa que, em alguns trechos específicos do trajeto, os ônibus não teriam espaço suficiente para fazer conversões, o que impossibilita a circulação dos veículos.

+ Fique esperto! Perdeu as últimas notícias sobre segurança, esportes, celebridades e o resumo das novelas? Clique agora e se atualize com a Tribuna do Paraná!

A prefeitura ainda não informou os detalhes sobre quais seriam os trechos sem o espaço necessário para as conversões. Tampouco há uma nova data para o início da operação ou possíveis soluções para o problema. A Urbs também não explicou se será necessário uma ampliação da rua ou a troca dos modelos dos ônibus utilizados.

Leia também: Carro capota na Linha Verde e motorista “some”

Uma reunião para avaliar a situação e planejar uma nova data de lançamento está marcada para esta segunda-feira (15) entre técnicos da Urbs, da Superintendência Municipal de Trânsito (Setran) e da Secretaria Municipal de Obras Públicas (Smop).

Segundo adiamento

A linha Fagundes Varela/Fanny era promessa do prefeito Rafael Greca (DEM) para o aniversário de Curitiba, mas acabou ficando no papel porque mudanças operacionais nas estações-tubo por onde a linha vai passar não foram concluídas a tempo.

O prefeito chegou a fazer uma declaração sobre o assunto no dia 6 de fevereiro, de dentro da estação-tubo Fagundes Varela, no Bairro Alto, que será o ponto principal da linha: “Este tubo, no aniversário de 326 anos de Curitiba, vai ficar pronto e a Linha Verde no seu canteiro central terá ônibus”.

Trajeto e horários

Entre os pontos inicial e final, a linha Fagundes Varela/Fanny está programada para ter parada na estação Marechal Floriano, onde os passageiros poderão fazer integração com o expresso Pinheirinho-Carlos Gomes, Circular Sul e ligeirinho Fazenda Rio Grande. O projeto também prevê parada na estação-tubo Vila Olímpica, mas ela está fora do trajeto neste primeiro momento.

+ APP da Tribuna: as notícias de Curitiba e região e do trio de ferro com muita agilidade e sem pesar na memória do seu celular. Baixe agora e experimente!

Até o adiamento, o plano era que a linha começasse a funcionar com horários de segunda-feira a sábado. Em dias úteis, os ônibus estavam previstos para operar das 6h à meia-noite. A última viagem diária deveria da estação Fanny, às 23h40. No sábado, o horário estava previsto para ser das 6h às 14h.