O governo central (Tesouro Nacional, Previdência e Banco Central) registrou superávit primário de R$ 7,5 bilhões em abril. Com o resultado, o valor acumulado alcançou R$ 25,2 bilhões no primeiro quadrimestre. Isto equivale a 4,92% do Produto Interno Bruto (PIB) estimado para o período. O montante ficou R$ 5,1 bilhões acima da meta de R$ 20,1 bilhões definida pelo governo.

O Tesouro Nacional teve superávit de R$ 9,5 bilhões em abril. A Previdência e o Banco Central registraram, respectivamente, défict de R$ 1,9 bilhão e R$ 5,2 milhões.