A Secretaria da Agricultura e do Abastecimento vai liberar nesta sexta-feira mais 80 mil alevinos das espécies corimba e pacu, no Rio das Cinzas, da Bacia do Paranapanema, em Guapirama. Com esses, já são dois milhões de alevinos reproduzidos e soltos em rios do Paraná, para garantir a reposição do estoque pesqueiro.

A meta do Governo do Estado é liberar até o final do ano que vem 20 milhões de espécies nativas que estão sendo reproduzidos com caracterização molecular, o que possibilita o monitoramento das matrizes soltas nos rios.

O projeto de Reposição de Estoque Pesqueiro tem financiamento do Fundo Paraná, da Secretaria da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, e envolve um processo de defesa do meio ambiente, segundo o médico veterinário Carlos Roberto Moreira, chefe do Núcleo Regional da Secretaria em Cornélio Procópio e coordenador estadual. ?Sempre há uma grande mobilização das prefeituras municipais, escolas e comunidade nas regiões onde são feitas as solturas?, disse.

Segundo ele, os trabalhos começam pela análise da água, verificação se há ocorrência de pontos de esgoto nas margens do rio para saneamento, plantio de mudas de árvores para recomposição das matas ciliares, monitoramento quanto à pesca predatória e uma vigilância mais intensa após a liberação dos peixes. ?Além da reposição do estoque, o que se verifica é uma verdadeira lição de defesa ambiental para a população, com destaque para a participação de alunos de escolas de primeiro grau que serão os agentes de multiplicação das ações iniciadas agora?, explica.

A liberação do lote no rio das Cinzas vai ocorrer às 11h00 em Guapirama, na divisa com Conselheiro Mairinck e Jundiaí do Sul. Maiores informações com Carlos Roberto Moreira (43) 9139-1258.