As empresas de auditoria que serão contratadas pela Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) dos Correios devem enviar suas propostas de trabalho aos parlamentares nos próximos dias.

De acordo com o deputado Eduardo Paes (PSDB-RJ), as empresas de auditoria irão continuar a análise dos documentos já iniciada pela CPMI. "Estabelecemos um pouco os objetivos dos trabalhos e as empresas não sairão do zero, vão partir de um ponto bastante avançado", afirmou.

O deputado disse que não considera que o trabalho da CPMI esteja demorado e sinalizou que a comissão não irá investigar fatos novos. "A partir de agora, todos os depoimentos, convocações e quebras de sigilo devem servir para atender às investigações já em andamento".