São Paulo – Os empresários brasileiros precisam aumentar os investimentos no país. O governo já fez a sua parte para o crescimento sustentável por meio das reformas, estabilização da economia e eliminação do desequilíbrio e agora ?falta os empresários assumirem os desafios que estão sendo colocados e aumentarem o calibre dos seus investimentos?.

A afirmação foi feita pelo ministro da Fazenda, Guido Mantega, em São Paulo, em entrevista antes da entrega do prêmio ?Valor 1000?, concedido na noite de ontem (15) pelo jornal Valor Econômico, às mil maiores empresas do país por receita líquida.

?Estou nesse evento para provocar os empresários a aumentarem os investimentos no país. Porque nós estamos iniciando um ciclo de desenvolvimento, mas esse ciclo só irá adiante caso os empresários tenham a ousadia de aumentar os investimentos. Só um ciclo de investimentos poderá levar a uma consolidação do crescimento sustentável?, disse. O ministro voltou a afirmar que o crescimento da economia será entre 4% e 4,5%.

Para Mantega, os empresários deveriam alcançar uma etapa mais ?ambiciosa e ousada? de ampliar a sua capacidade produtiva. ?Para isso, evidentemente é necessário um horizonte mais seguro da economia. E isso existe, foi criado?, disse ele, enfatizando que os empresários precisam de uma dose de ousadia e de ?espírito animal?.

Mantega lembrou que, hoje, o nível de investimentos é de 20% do Produto Interno Bruto (PIB) ? a soma de todas as riquezas produzidas no país – e que o objetivo é que chegue a 24% ou 25% em quatro anos.