Foto: Roberto Corradini/SECS

Usinas de álcool: produção em alta.

A Unica – União da Indústria da Cana-de-Açúcar, após análise de dados do início de outubro, informa que a demanda no mercado interno continua aquecida. As estimativas indicam que as saídas de álcool das usinas no mês de outubro poderão ultrapassar 1,45 bilhão de litros, um volume recorde e jamais atingido no mercado nacional. As informações reforçam que a safra é alcooleira, com 54,2% da cana processada até 15 de outubro destinada à fabricação de álcool.

A análise de informações de moagem das unidades produtoras na primeira quinzena de outubro confirma a previsão da safra 07/08 da região Centro-Sul do Brasil para 415 milhões de toneladas, com uma produção de 18,8 bilhões de litros de etanol e 25,1 milhões de toneladas de açúcar.

Até o dia 15 de outubro, a moagem de cana acumulada na safra atingiu 349 milhões de toneladas, um volume 11,8% superior ao mesmo período da safra anterior e que se aproxima da produção total da safra 2006/07. Até a primeira quinzena de outubro, foram produzidas 21,9 milhões de toneladas de açúcar e 15,9 bilhões de litros de álcool.

A ocorrência intensa de chuvas, na segunda quinzena do mês, provocou a interrupção da moagem por alguns dias, e deverá ocasionar, também, uma queda na qualidade da matéria-prima, que, no acumulado (abril até 15 de outubro), já registrava um desempenho 2,59% inferior à da safra passada.