Crescimento durável e forte é a principal prioridade dos Estados Unidos, disse o presidente Barack Obama neste domingo no final da reunião dos líderes do G-20.

Embora os países precisem dar garantias aos mercados planejando estratégias de redução de déficit e de dívidas dignas de crédito, Obama advertiu que eles também precisam ser cautelosos para não prejudicar a frágil recuperação econômica global ao retirar os estímulos para gastos de uma só vez. As informações são da Dow Jones.