A presidente da Letônia, Vaira Vike-Freiberga, e representantes de 34 empresas do país situado no Leste Europeu participam nesta segunda-feira (11) de uma rodada de negócios com empresários brasileiros na Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp). Segundo Vike-Freiberga, o objetivo da viagem é o de ampliar a modesta corrente comercial entre os dois países, que é de cerca de US$ 44,2 milhões. "A Letônia pode servir de porta de entrada dos produtos brasileiros no Leste Europeu", disse.

Vike-Freiberga salientou também que o seu país, que integra a União Européia, está interessado no etanol e no biodiesel produzidos no Brasil. "Nós somos dependentes da importação de combustíveis e estamos interessados na tecnologia brasileira para uma futura parceria." Além disso, ela afirmou que a Letônia pretende promover investimentos nas áreas de energia, tecnologia da informação, agricultura, setor farmacêutico, logística e construção civil.