Em seu primeiro grande discurso sobre política no Parlamento, o primeiro-ministro da Índia, Narendra Modi, afirmou que seu governo vai concentrar esforços para ajudar milhões de indianos pobres que vivem em áreas rurais, a fim de estimular o desenvolvimento agrícola do segundo país mais populoso do mundo.

“Precisamos nos mover em direção a uma nova definição de desenvolvimento”, disse o premiê, acrescentando que isso exige o envolvimento de todos os cidadãos comuns e níveis do governo indiano. Modi disse que trabalhará para “fortalecer o homem pobre para que ele próprio possa lutar contra a pobreza”. A afirmação é uma resposta à oposição, que alega que os programas de subsídios agrícolas fizeram aumentar significativamente a população de baixa renda durante a última década.

Dados divulgados pelo Departamento de Trabalho da Índia mostram que os salários nas regiões rurais da Índia continuam desacelerando. Em dezembro do ano passado, o índice teve queda de 1,8%. Neste ano, caiu mais 0,1% em janeiro, antes de subir 0,2% em fevereiro.

O primeiro-ministro falou ainda sobre a intenção do governo de fornecer conhecimento científico aos agricultores para aumentar a produtividade no nordeste da Índia. “Se adotarmos pequenas soluções, poderemos realizar grande mudança”, declarou Modi. Fonte: Dow Jones Newswires.