O gasto do consumidor dos Estados Unidos aumentou 0,7% em dezembro do ano passado, enquanto a renda pessoal subiu 0,4%, segundo informou hoje o Departamento de Comércio. Economistas esperavam que o gasto crescesse 0,5% e a renda aumentasse 0,4%. O ganho real nos gastos não foi apenas melhor que o esperado, como também superou o dado de novembro, quando houve alta de 0,3%. Originalmente, o avanço de novembro havia sido calculado em 0,4%.

O gasto do consumidor é responsável por 70% do Produto Interno Bruto (PIB) dos EUA. Os números divulgados hoje ficaram em linha com um relatório publicado na semana passada, que mostrou que o PIB norte-americano cresceu mais no quarto trimestre de 2010, beneficiado pelos gastos dos consumidores.

Os dados sobre renda mostram ainda que o crescimento dos salários do setor privado mais do que dobrou em dezembro, subindo US$ 15,5 bilhões, depois de aumentar US$ 5,9 bilhões em novembro. A taxa de poupança caiu para 5,3% em dezembro, ante 5,5% em novembro – um sinal de que os consumidores estão mais confiantes e estão guardando uma fatia menor da renda. As informações são da Dow Jones.