enkontra.com
Fechar busca

Economia

economia

Financiamento imobiliário sobe 37,8% e vai a R$ 4,87 bi em fevereiro, diz Abecip

  • Por Estadão Conteúdo

Os financiamentos para compra e construção de imóveis, com recursos do Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo (SBPE), atingiram R$ 4,87 bilhões em fevereiro de 2019, queda de 4,5% em relação ao mês anterior e alta de 37,8% comparativamente a fevereiro de 2018. Os dados foram divulgados nesta sexta-feira, 29, pela Associação Brasileira das Entidades de Crédito Imobiliário e Poupança (Abecip).

No primeiro bimestre de 2019, foram aplicados R$ 9,96 bilhões, elevação de 34,9% em relação ao mesmo período do ano passado. No acumulado de 12 meses, os empréstimos foram de R$ 59,96 bilhões, uma elevação de 34,8% em relação ao apurado nos 12 meses anteriores.

Unidades

Em termos de quantidade de imóveis, os financiamentos de fevereiro atenderam 19,4 mil unidades, resultado 2,7% inferior ao de janeiro e 48% maior do que em fevereiro do ano passado.

Nos primeiros dois meses de 2019, os recursos viabilizaram a aquisição e a construção de 39,3 mil imóveis, apontando elevação de 36% em relação a igual período de 2018.

Nos últimos 12 meses foram 238,8 mil imóveis, alta de 33,3% em relação aos 12 meses anteriores.

Ranking bancário

O Bradesco liderou o volume de concessão de financiamentos em fevereiro no País, com R$ 1,379 bilhão em desembolsos. Na sequência, vieram Caixa Econômica Federal (R$ 1,225 bilhão), Itaú Unibanco (R$ 935 milhões), Santander (R$ 846,8 milhões) e Banco do Brasil (R$ 334,4 milhões).

Já em termos de quantidade de unidades financiadas, a Caixa foi líder do mês, com 5.965 imóveis atendidos. Isso mostra o foco do banco estatal em financiamentos destinados a imóveis de menor valor, voltados, principalmente, para população de média e baixa renda.

Em seguida vieram Bradesco (5.352 unidades), Itaú Unibanco (2.928), Santander (2.508) e Banco do Brasil (1.556).

O crédito para a compra e a construção de imóveis no País deve atingir R$ 126 bilhões em 2019, o que, se confirmado, representará um crescimento de 7,0% em comparação com 2018, de acordo com estimativa divulgada no início desde ano pela Abecip.

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

Seja o Primeiro a Comentar!


wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas