As construções de moradias iniciadas nos EUA caíram 3% em agosto ante julho, para a taxa anual sazonalmente ajustada de 1,126 milhão, segundo dados publicados hoje pelo Departamento do Comércio. A previsão de analistas consultados pela Dow Jones Newswires era de queda menor, de 2,5%, para 1,18 milhão.

Os números sobre construções de moradias são voláteis e revisados com frequência. O resultado de julho ante junho sofreu uma revisão significativa, indicando queda de 4,1%, a 1,161 milhão de moradias. A estimativa original era de alta de 0,2%, a 1,206 milhão de unidades.

As permissões para novas obras, referência pra construções futuras, subiram 3,5% em agosto, para 1,17 milhão, de uma taxa revisada a 1,13 milhão em julho. A previsão do mercado para as permissões em agosto era de alta de 1,8%.

Na comparação anual, as construções de moradias iniciadas avançaram 16,6% em agosto e as permissões para novas obras aumentaram 12,5%. Fonte: Dow Jones Newswires.